A Tradição dos Reis no Algarve.

A Tradição dos Reis no Algarve….Muitas famílias algarvias, da zona marítima e urbana, davam nesta noite as prendas de Natal aos filhos. Como não havia o costume de oferecer brinquedos, as crianças recebiam uma laranja, bolotas veladas, uma libra de chocolate ou castanhas.A ceia era semelhante à do Natal. Entre as iguarias natalícias encontram-se frutas ou empanadilhas, filhós, bolinhóis, fatias douradas com açúcar e canela. (…)No Barrocal (…), era costume deitar três bagos de romã ao fogo para que este se mantivesse aceso durante o ano; três bagos de romã na bolsa do dinheiro para que ele nunca faltasse; três bagos de romã dentro da bolsa do pão ou no saco da farinha, para que nunca faltasse o pão ao longo do ano.”Na noite de Reis (do dia 5 para o dia 6 de janeiro) era e ainda o é, em algumas localidades, cantar as Janeiras, com grupos – as Charolas – que iam de porta em porta desejando um bom ano e louvando o Menino Jesus com versos a Ele dedicados:«O meu menino Jesus/Está lá alto na tribuna;/Está pedindo a sua mãe,/Que nos dê muita fortuna.Eu vim ver este presépio,/Qual será o meu destino,/Por ser noite de ano bom,/Venho cantar ao menino.Hei-de dar ao menino/Quatro, cinco, nove, seis,/E uma camisinha fina/Pra vestir, Dia de Reis.Hei-de dar ao menino/Um galão pra cintura;/Que ele também me há-de dar/Um lugar na sepultura.»Também no dia de Reis, as searinhas eram transplantadas, fazendo-se votos de boas colheitas para o ano novo que se aproximava

http://turismo.diocese-algarve.pt/…/434-dia-de-reis-uma… via Associação das Terras e das Gentes da Dieta Mediterrânica

Write a comment
X